sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

- Mas custa!

- Custa porque?

- Porque dói…olha, simplesmente por isso.

- Porque que tu não faz igual? Porque que não segues a tua vida?

- Porque eu não quero uma pessoa qualquer, e porque apesar de tudo, acho que pelo que passamos merece este tempo…por respeito.

- Mas tu sabes que ele não faz isso.

- Pois sei…

- Eu acho que tu é que és tona, mas tudo bem. És mesmo bonita. Rapazes não faltam. Bastava arranjares-te bem, só aqui na escola de certeza que pediam-te o número, tu é que não és disso.

- Pois não… não tenho culpa de ter nascido assim.

- Sabes que mereces mais e melhor que o cid, não sabes?

- Vocês dizem todos isso, porque só conhecem aquele ricardo. Eu conheci a outra parte dele, a parte dele que se te explicasse também me entendias…

- O que ele te fez não dá para entender…as pessoas revelam-se mónica. As pessoas não são aquilo que pensas que elas são, mentaliza-te disso. Dás-te demasiado as pessoas.

- Eu sei.

- Então faz-te á vida. Há tanta gente por aí…

- Mas eu não quero sofrer mais…

- E não vais sofrer, vais encontrar alguém que te mostre a felicidade todos os dias.

- (parei para pensar)

- Faz-te á vida! Mas escolhe bem, mereces um rapaz de jeito. Ele há-de aparecer quando menos esperas mónica.

Sem comentários: