quinta-feira, 2 de maio de 2013

Clarissa Corrêa


Talvez sejas tu... A vida vai-me dizer. De qualquer forma: Obrigada por me fazeres dormir a sorrir.

Sem comentários: