quarta-feira, 3 de julho de 2013

não há, nem pode haver outro como tu!


Quando sigo os teus passos sem sequer ter de olhar para o chão, não há muito que se possa dizer...Já sentiram isto? Alguma vez tiveram a sorte de olhar nos olhos de alguém e ver, ali, que não há ninguém que lhe chegue sequer aos calcanhares? Sabem o que é ter orgulho em alguém? E sabem o que é ter a sorte de esse alguém ser a vossa metade? 

Sem comentários: