terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Maria Teresa Horta



TU enlouqueces-me maravilhas-me atrapalhas-me apaixonas-me cegas-me confundes-me. Tu inspiras-me.
Tu tu tu tu tu tu tu tu tu tu tu ..... Quero tanto de ti e tão próximo que anseio que fosses o ar, o chão, as paredes, tudo. Que tudo o que tocasse fossem os teus braços. Que tudo o que sentisse fossem os teus lábios. Tu se fosses chuva, do céu só cairiam pérolas ... E até o chão gritaria de prazer.

Sem comentários: