quinta-feira, 28 de novembro de 2013

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Tati Bernardi


Não foi desejo. Nem vontade, nem curiosidade, nem nada disso. Foi um choque elétrico meio que de surpresa, desses que te deixa com o corpo arrepiado, coração batendo acelerado e cabelo em pé . Foi sentimento . Não foi planejado, nem premeditado. Foi só um querer estar perto e cuidar, tomar todas as dores e lágrimas como se fossem suas. A vontade e o desejo vieram depois, bem depois. Não foi um lance de corpo, foi um lance de alma. Uma saudade e uma urgência daquilo que nunca se teve, mas era como se já tivesse tido antes. Foi amor. É amor.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

truelove


Restos de um naufrágio


Vim te pedir que fiques. Que compreendas, aceites, releves, ajudes, consertes. Que não se aborreça por tão pouco, que não deixe que tudo o que somos acabe por um motivo tão tolo. Que seja sempre eu os motivos do teu riso, que seja sempre nós o sentido da palavra felicidade. Que eu seja a tua segurança quando tiveres medo, que quando existir saudade meus braços sejam o teu refúgio de onde sinta vontade de ficar e nunca mais sair. Que a tua voz mansa seja a minha canção favorita, que o teu sorriso envergonhado seja o motivo mais bonito para chamar o meu. Que sejas sempre seja a luz do meu caminho que me guiará na escuridão, Que permaneças sempre ao meu lado. Porque tu sem mim não és nada, e eu não existiria se não fosses tu.

26-11-2010

domingo, 24 de novembro de 2013

Caio Fernando Abreu


Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que tu fosses o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que tu tinhas, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era teu.

Vitor Guimaraes


Se tem uma coisa que aprendi, é que por maior que pareça um problema, o tempo resolve. Talvez amanha, em um mês, ou daqui a um ano. Sempre passa, a vida continua. Prosseguir apesar de tudo, esse é o grande segredo.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Camila Costa


Quem é feliz não conta, não espalha, não grita aos quatro cantos. Quem é feliz, satisfaz-se por ser. E sabe que felicidade anda coladinha na inveja. Quem é feliz não precisa provar nada, simplesmente é. As pessoas felizes demais nunca me passaram confiança. Essa coisa de que a vida é uma festa e não existe nada errado, não me brilha aos olhos. Feliz é quem conhece o lado ruim e o respeita. Feliz é quem já foi infeliz. Somente quem já foi infeliz pode entender que a tristeza traz um punhado muito bom de aprendizados. Felicidade não é sobre quem grita mais alto; É sobre quem sorri mais fundo.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Tati Bernardi


E que sintas vontade de precisar de mim, mas não só quando houver necessidade, que sintas isso mesmo tendo passado um dia inteiro comigo, que não veja e nem sinta as horas passando quando estiver ao meu lado, e que nunca seja o suficiente o tempo que passarmos juntos, que sempre sintas vontade de mais, mais e mais. E que tu suportes os meus defeitos e que te sintas orgulhoso das minhas qualidades, e apesar de não ter uma beleza extrema, poder fazer com que tu enxergues que gostar de alguém vai muito além de beleza física, e tentar também de algum jeito fazer com que não precises olhar em outras direções, porque os teus olhos vão estar dentro dos meus. Eu quero sempre encontrar-te, seja lá aonde estiveres, e que eu consiga ser o seu perfeito, mesmo sendo imperfeito.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Camila Costa


Podemos correr os riscos que tu quiseres, meu amor. Podemos nos atirar de enormes alturas, dirigir em altas velocidades ou o que mais for. Mas também podemos sentar neste sofá, assistir uma comédia romântica daquelas chorosas e sermos felizes assim, com a tua cabeça no meu ombro, o meu braço em volta de ti e os nossos cheiros se misturando no ar.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013


Clarice Lispector


Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.

domingo, 17 de novembro de 2013

sábado, 16 de novembro de 2013

Clarissa Corrêa


Então pulas, engoles muita água, sente dor no corpo, cais em ti, começa a mexer os braços e pensas: ou eu nado ou eu morro. E tu decides viver. Mesmo que para isso tenha que morrer nadando.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Tati Bernardi


Ele é diferente. Ele não é só um rapaz. Ele te ouve como se te entendesse, fala como quem soubesse o que dizer e não diz nada muitas vezes, porque ele entende os silêncios. Ele existe. Eu sei que seriamos bons amigos, bons parceiros, bons inimigos, mas eu preferi ser a rapariga dele. E sabem que serão importantes na história um do outro para sempre, independentemente de tudo que estiver para acontecer. Porque ele não só um rapaz. Eu não quero mais só um rapaz. E ele é tudo que eu quero hoje.

Martha Medeiros


Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

terça-feira, 12 de novembro de 2013

José Saramago


Quando fores crescido, hás de querer ser feliz. Por enquanto não pensas nisso e é por isso mesmo que o és. Quando pensares, quando quiseres ser feliz, deixará de sê-lo.

Ricardo:


segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Tati Bernardi


Preciso admitir, sou muito irônica, e grossa as vezes, um pouco meiga de vez em quando. Gosto do meu lado apaixonada, mas quase nunca aparece. E meu lado safado chega a me assustar. Protetora e ciumenta ao extremo. Tenho um gênio difícil e um temperamento forte. As vezes sou barraqueira, outras, calma até demais. Dura como uma pedra e frágil como um vidro. Um poço de orgulho, e mais conhecida como a rainha do drama, essa sou eu. E sabe o que mais me assusta? Ainda tem gente que gosta.

domingo, 10 de novembro de 2013

João Pedro Bueno


A diferença entre ti e um cubo mágico, é que do cubo mágico eu desisto.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

FLORESINEXATAS


Acho que amar é aguentar tudo como um coração, que vai pulsando toda gordura do corpo e suscita suscita mas não morre. Acho que amar requer dom pra receber: saber receber o sentimento puro e belo, saber ser recíproco e mesmo que não se saiba, se consente e deixa brotar. Acho que amar se tornou algo muito natural pra mim a partir do momento que entendi que não importasse o que os outros fizessem, eu estaria ali, no mesmo lugar. Eu sempre estaria ali, à espera, não sairia do lugar, poderia cair mundos, nascer planetas, morrer estrelas, eu estaria fincado no mesmo lugar. Amar, pra mim, é muito simples: ama-se pelos erros, defeitos, pelas faltas e ausências, pelos medos, pelos cortes, pela vontade de ir. Ama-se também o que é bom, a paz que outro te dá, a esperança em dias melhores, a vulnerabilidade da companhia, a presença forte, grande, impetuosa. Amar se tornou bem fácil pra mim a partir do instante que compreendi que os outros não precisam retribuir da mesma forma, na mesma intensidade: ama-se independente da troca, do valor e do resultado. Eu amo porque amar, antes de tudo, é um ato de estar.

Chico Buarque



Acho a coisa mais simples, mais definitiva, para explicar o amor entre duas pessoas: gostava dela porque era ela...porque era eu.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Juliane Meira


As vezes, a sua princesa não ta de vestido rosa, com uma tiara e salto alto. Ela pode tar com uma camisa do Slipknot, All Star e sem maquiagem.

Charles Bukowski



Gosto da forma com que os filósofos destroem conceitos e as teorias que os precederam. Isso tem acontecido há séculos. Não é assim, dizem. É desse jeito. Isto continua sem parar e parece lógica, esta continuidade. O principal problema é que os filósofos devem humanizar sua linguagem, torná-la mais acessível, então os pensamentos se iluminam mais e ficam mais interessantes. Acho que estão aprendendo a fazer isso. A simplicidade é essencial.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Fernando Pessoa


Meus amigos são todos assim: metade loucura, outra metade santidade. Escolho-os não pela pele, mas pela pupila, que tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. Escolho meus amigos pela cara lavada e pela alma exposta. Não quero só o ombro ou o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos, nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice. Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto, e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou, pois vendo-os loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que a normalidade é uma ilusão imbecil e estéril.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

sábado, 2 de novembro de 2013

Iyanla Vanzant


Nunca mordas a mão que te alimenta enquanto precisares de ser alimentado!

Carlos Drummond de Andrade


Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

ao mesmo de sempre:

"Em ti vejo o tempo que passou e o sangue que correu, vejo a força que moveu quando tudo parou em ti, a tempestade que não há em ti.
Arrastei-me para o teu lugar e é em ti que vou ficar.

Aqui tudo é mais forte e há mais cor em céu maior. 
Aqui tudo é tão novo e pode ser (é!) amor."

Amo-te!