terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Fiodor Dostoievski


Sou mestre na arte de falar em silêncio. Toda a minha vida falei calando-me e vivi em mim mesmo tragédias inteiras sem pronunciar uma palavra.
Like this post

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013


José Saramago


Dentro ou fora de mim, todos os dias acontece algo que me surpreende, algo que me comove, desde a possibilidade do impossível a todos os sonhos e ilusões. É essa a matéria da minha escrita, por isso escrevo e por isso me sinto tão bem a escrever aquilo que sinto.

domingo, 29 de dezembro de 2013

Fabrício Carpinejar



Que eu possa respeitar opiniões diferentes da minha. Que eu possa me desculpar antes do ódio. Que eu possa escrever cartas de amor de repente. Que eu possa viajar para adorar a distância. Que eu possa voltar para dizer o que não tive coragem. Que eu pense em meu amor ao atravessar a rua. Que eu pense na rua ao atravessar o amor. Que eu dê conselhos sem condenar. Que eu seja a vontade de rir. Que eu possa chorar ao assistir filmes. Que eu não seduza para confundir. Que eu seduza para iluminar. Que eu não sacrifique a confiança pela covardia. Que eu tenha dúvidas, melhor do que certezas e falir com elas. Que eu faça amizades falando do tempo. Que eu possa amar mais sem contar as horas. Que eu use somente as palavras que tenham sentido. Que eu prove a comida nas panelas. Que transforme a raiva em vontade de me entender. Que eu possa soltar os vaga-lumes que prendi em potes. Que eu me lembre de ser feliz enquanto ainda estou vivo.

Paulo Coelho


Escreva. Seja uma carta, um diário ou umas notas enquanto falas ao telefone, mas escreve. Procura desnudar a tua alma por escrito, ainda que ninguém leia; ou, o que é pior, que alguém acabe lendo o que não querias. O simples ato de escrever ajuda-nos a organizar o pensamento e a ver com mais clareza o que nos rodeia. Um papel e uma caneta fazem milagres, curam dores, consolidam sonhos, levam e trazem a esperança perdida. As palavras têm poder.

sábado, 28 de dezembro de 2013

Tati Bernardi



Eles se amam. Todo mundo sabe mas ninguém acredita. Ele continua vivendo sua vidinha idealizada e ela continua idealizando sua vidinha. Alguns dizem que isso jamais daria certo. Outros dizem que foram feitos um para o outro. Eles preferem não dizer nada. Preferem meias palavras e milhares de coisas não ditas. Ela quer atitudes, ele quer ela. Todas as noites ela pensa nele, e todas as manhãs ele pensa nela. E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os outros. Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro.

Friedrich Nietzsche


Estar bem e feliz é uma questão de escolha e não de sorte ou mero acaso. É estar perto das pessoas que amamos, que nos fazem bem e que nos querem bem. É saber evitar tudo aquilo que nos incomoda ou faz mal, não hesitando em usar o bom senso, a maturidade obtida com experiências passadas ou mesmo nossa sensibilidade para isso. É distanciar-se de falsidade, inveja e mentiras. Evitar sentimentos corrosivos como o rancor, a raiva e as mágoas, que nos tiram noites de sono e em nada afetam as pessoas responsáveis por causá-los. É valorizar as palavras verdadeiras e os sentimentos sinceros que a nós são destinados. E saber ignorar, de forma mais fina e elegante possível, aqueles que dizem as coisas da boca para fora ou cujas palavras e caráter nunca valeram um milésimo do tempo que você perdeu ao escutá-las.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

João Morgado


Quando perdemos o nosso cheiro somos vadios, como cães sem coleira. O nosso cheiro é aquele que sopra da raiz da pele e tem o nosso nome. É a lingerie mais íntima do corpo, que nos veste por dentro e por fora, mesmo quando nus. E como lingerie que é, também fica por vezes perdido nas mãos de outra pessoa, ou entre os lençóis da cama, mas sempre acabamos por recolher o nosso cheiro, sempre, para revestirmos dele a nossa tez, a nossa nudez, a nossa timidez.


 According to Greek mythology, humans were originally created with four arms, four legs and a head with two faces. Fearing their power, zeus split them into two separate parts, condemning them to spend their lives in search of their other halves...

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Apple Inc



 Because the people who are crazy enough to think they can change the world, are the ones who do.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

John Green




A minha pergunta é: Por que as pessoas boas se dão mal na vida?

- Leaving The World, Douglas Kennedy


There is a profound, vast gulf between understanding something that completely changes the contours of your life and accepting the terrible reality of that situation. The rational side of your brain - the part that tells you: ‘This is what happened, it can’t be rectified, and you must now somehow grapple with the aftermath’ - is always trumped by an angry, overwrought voice. It’s a voice railing at the unfairness of life, at the awful things we do to ourselves and each other; a voice which then insidiously whispers: and maybe it’s all your fault."

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Bernard M. Baruch


Be who you are and say what you feel, because those who mind don't matter, and those who matter don't mind. 

sábado, 7 de dezembro de 2013

Mário Quintana


Aos poucos eu percebi, que se apaixonar é inevitável, e que as melhores provas de amor são as mais simples. Um dia percebemos que o comum não nos atrai, e que ser classificado como bonzinho não é bom. Um dia percebemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em ti. Um dia saberemos a importância da frase: “Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa”. Um dia percebemos que somos muito importantes para alguém, e que não damos valor a isso. Que homem de verdade não é aquele que tem mil mulheres, mas aquele que consegue fazer uma única mulher feliz. Enfim… um dia descobrimos que apesar de viver quase um século, esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para dizer tudo o que tem de ser dito. O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

When You Came Into My Life


When you came into my life
It took my breath away
Cause your love, has found its way
Into my heart, Oh, yea

Scorpions

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Clarissa Corrêa


Falta um bocado de coisa neste mundo. E sobra outro tanto. Falta bom senso. Falta verdade. Falta respeito. Falta vontade. Falta educação. Falta saúde. Falta amor. Falta sinceridade. Falta igualdade. Falta paixão pelas coisas e pelas pessoas. Sobra egoísmo. Sobra estupidez. Sobra crueldade. Sobra desonestidade. Sobra preguiça. Sobra falta de caráter. Sobra achar que o mundo inteiro tem culpa das suas pequenas derrotas. Ainda dá tempo de mudar. E as mudanças, ainda que pareçam invisíveis num primeiro momento, começam dentro da nós...