sexta-feira, 30 de abril de 2010

E tudo ...


Tens de aproveitar bem o espirro de tempo que cá estas em relação ao tempo da humanidade é um espirro e aproveitar, porque tudo é em vão e tem o valor que tem ou seja nenhum, porque nesta vida só há duas coisas que levas dela, é o tempo e o acaso.
são as únicas coisas que acontecem a todos por igual
por isso quando for não, eu digo que sim!

Porque não ?

quinta-feira, 29 de abril de 2010


Ambos sem razão... Mas ambos com desejo!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

terça-feira, 27 de abril de 2010

Hoje...


Não sei o que escrever mas sei o que aquilo que quero ou me apetece… os meus apetites não são quereres, e hoje quero, amanha já não me apetece... Sou incrivelmente muito incerta, irregular e parva! Estou confusa, baralhada e indecisa. Sinto-me no meio da multidão que e ninguém me pode ajudar. E hoje quero querer aquilo que não posso!

sábado, 24 de abril de 2010

Tudo espera até o coração...


"Quando se ama alguém tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar. A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes o alcance do olhar. O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver."

quinta-feira, 22 de abril de 2010


Pára! Pensa no que querias fazer no que fizeste e reflecte o que tens feito. Não ajas sem pensar…se não acontece o que esta presente na minha vida neste momento… que o teu cérebro parar por completo, tens tentar perceber o que queres, encher os pulmões de ar, e ir, ir, ir onde o teu corpo te quiser levar…neste momento não consigo pensar, observar, ouvir nem sentir! O meu eu , esta no teu eu!

quarta-feira, 21 de abril de 2010


Posso acordar
E é contigo que eu para sempre quero estar

Um anjo como tu
Estende as tuas asas sobre o meu corpo nu
Um anjo como tu
Conta-me a verdade sobre esse teu mundo azul
Um anjo como tu
A todos atrai mas só a mim me seduz
Um anjo como tu
Como tu como tu como tu

Slimmy- Anjo como tu

domingo, 18 de abril de 2010

Quem nao tem nada para fazer...



Assim bebes mais rápido se estiveres com pressa :0

Eu gosto de comer. Não gosto que não gostem de mim. Gosto de rir. Não gosto quando perco o autocarro. GOSTO quando me falem ao ouvido. Não gosto que me batam na cabeça e na cara. Gosto de comer com as mãos. Não gosto quando sou sempre eu a combinar as coisas. Gosto de receber mensagens no telemóvel, nem que seja para um “ Eu amo você”. Não gosto quando estou vermelha me digam “ que vermelha, pareces um pimento “. Gosto de cantar. Não gosto quando me dizem “ tu é que sabes “. Gosto que me digam que gostam de mim. Não gosto que me chateiem. Gosto quando confiam em mim. Não gosto quando não acreditam em mim. Gosto de ouvir pessoas as risadas. Detesto a palavra gargalhada. Gosto de piadas secas. Não gosto de atrasos. Gosto de sair com os amigos. Não gosto que façam as coisas só para me agradar. Gosto da cor laranja. Não gosto que quando o autocarro vai cheio. Gosto que me digam “ gosto de te ver com essa camisola”. Não gosto de falar mais que uma vez. Gosto dos meus amigos. Não gosto de músicas brasileiras. Gosto cicatrizes. Não gosto que quando me pedem um bocado de alguma coisa e ficam com tudo. Adoro que me abracem. Não gosto de olhos azuis. Gosto quando me dizem “ epa, sem ti não era a mesma pessoa”. Não gosto que me fazem perguntas, quando não tenho a resposta. Gosto de agradar. Não gosto quando fico sem palavras. Gosto que me descrevam. Não gosto que falem alto. Gosto que me digam que sou bonita. Não gosto se estar chateada com as pessoas. Gosto do inverno. Não gosto que me digam “eu avisei-te”. Gosto de pessoas simples. Não gosto quando andam com rodeios para dizer uma coisa. Gosto de dormir. Não gosto quando começam uma coisa e não acabam. Gosto de testar as pessoas. Não gosto quando me criticam. Gosto de andar descalça em casa. Não gosto quando não combinamos uma pessoa para fazer alguma coisa e ela “aprancha-se”. Gosto de saber as verdades. Não gosto quando me arrependo das coisas que faço. Gosto que me façam rir. Não gosto de pessoas antipáticas. Gosto quando se preocupam comigo. Não gosto que me mintam. Gosto de passear. Não gosto de traições. Gosto sempre ser conhecer os 2 lados de uma história. Não gosto que mexam nas minhas coisas sem pedir. Gosto de ir no autocarro a ouvir a minha música. Não gosto quando fico para 2ºplano. Gosto de conhecer pessoas novas. Não gosto que me ignorem. Gosto que me digam “nunca te esquecerei, miúda”. Não gosto quando esta a chover e os carros passam e molha-me. Gosto de chegar a casa. Não gosto de pessoas falsas. Gosto de ver o cc. Não gosto de pessoas que não são despachadas. Gosto do frio. Não gosto de matemática. Gosto de dizer “ bons dias, com um sorriso”. Não gosto de adormecer. Gosto de chorar. Não gosto quando dizem “ ouvir metal, estraga as miúdas”. Gosto de chocolate. Não gosto dos fins das coisas. Gosto do campo. Não gosto de pessoas coscuvilheiras. Gosto da minha família. Não gosto que me contem os sonhos que tiveram. Gosto de pinguis. Não gosto quando me dizem que faço as coisas mal feitas. Gosto de mexer nos cabelos das pessoas. Não gosto quando vamos no supermercado e deixam os carrinhos de compras mesmo no meio do caminho. Gosto que me ajudar. Não gosto de poluição. Gosto dos domingos de manha. Não gosto quando caiu. Gosto de estar sozinha em casa. Não gosto de quando não sei das minhas coisas. Gosto de viver no meu mundo (:

Sonho possível?


Como sonho possível? Sonho é sempre um sonho, aquilo que idealizamos ser ou ter, algo que jamais acontecera porque é um sonho, e um sonho é aquilo que nunca acontece!
Podemos crescer sempre com o mesmo sonho, chegar a uma etapa da vida que se pode realizar ou não, se se realizar não era um sonho era um objectivo, apenas mais um objectivo da nossa vida!
Sonho possível? Ou um grande objectivo de vida que esta á nossa frente?
Depois de ver filme “ sonho possível” deixo a grande questão… sonho não é SEMPRE um sonho?

sábado, 17 de abril de 2010


Vais ADORAR ouvir o meu silêncio!

quinta-feira, 15 de abril de 2010


"Longe de um início
Estava junto mas sozinho
Sei que para ti nem custou
Qual dos dois mudou as regras
No fim"

Klepht- tudo de novo

terça-feira, 13 de abril de 2010

Olha... Que se lixe!


Que se lixe todas as criticas, elogios ou apenas opiniões;
Que se lixe todas as palavras e cores;
Que se lixe todas as regras e horários;
Que se lixe o frio da manha e o calor da tarde;
Que se lixe todas as coisas que tenho e sonhava ter;
Que se lixe o que penso e volto a repensar;
Que se lixe todas as mentiras e o tempo da verdade;
Que se lixe o silencio da ignorância;
Que se lixe todas as sombras fúteis algum dia chamadas PESSOAS!

sábado, 10 de abril de 2010

Pessoas vs Pensamentos


Não sei como me sinto, o que pensar, como agir ou pronunciar.

Gosto de múltiplas pessoas! Das retraídas, obstinadas, das desorganizadas, desconfiadas, das carinhosas ou preguiçosas. Acima de tudo gosto de conviver e de aprender com a dissemelhança entre os seres.

Mas há pessoas que nos tocam. Há pessoas que nos fazem sentir bem, que nos fazem contemplar que existimos decerto com uma finalidade.

É admirável como pensamos tantas vezes em determinada pessoa ao longo do dia e não sabemos como nem porquê ela emerge no nosso pensamento.

Surge somente sem avisar nem solicitar permissão, surge como se fosse uma porção do nosso ser.

Leva-nos a sonhar, a formar aquilo que planeamos e que nos realiza.

É bom sentir que também surgimos sem “carta-branca” na mente daqueles que nos surgem no nosso pensamento, e nos fazem reflectir em momentos únicos vividos perto de alguém que nos faz sentir bem.

È algo que não compreendemos nem tão pouco, sabemos explicar.

É algo que estará presente eternamente na nossa existência e nada podemos fazer para combater isso.

Porque há pessoas que nos fazem sentir que realmente permanecemos vivos.


terça-feira, 6 de abril de 2010

O grande Bob Marley...


"Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que se mais ama.
Eu desisti. Mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer"

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Se para mim nao houvesse amanha...


Recordava o passado , averiguava se o presente é real e lutaria pelo proxima realidade ainda inexistente!

Se o amanhã não existisse...


Se hoje fosse seu último dia
Se amanhã fosse tarde demais
Poderias dizer adeus para o ontem?