quinta-feira, 19 de julho de 2012


" Sei que falas ‘não’ a pensar ‘sim’, sei que o teu início tem sempre um fim. Sei que o que agarras também deixas, sei que sofres mas não te queixas. Sei que o que vives não esqueces, e tudo o que consegues, tu mereces. Sei que há calor no teu olhar frio, sei que não é defeito, é feitio. Sei que sabes que eu sei, e tudo de bom que me deres, eu retribuirei."

1 comentário:

Catarina Silvestre disse...

o post está fantástico, adorei mesmo !